Detalhes da Editora

Planeta

A Editora Planeta do Brasil é uma editora brasileira fundada em 2003, pertencente ao conglomerado espanhol Grupo Planeta. A editora aposta em obras de ficção, não ficção, autoajuda e infanto-juvenis de autores nacionais e internacionais, tendo editado até agora mais de 700 títulos. Entre os autores publicados, estão Paulo Coelho, Laurentino Gomes, Augusto Cury, Mary del Priore, Padre Fábio de Melo e Gabriel Chalita.

Livros da Editora resenhados

Daemon
Ficção / 18 de maio de 2017

Você já parou para pensar aonde a nossa tecnologia, e a rapidez com que ela avança, irá nos levar? À medida que cresce o alcance da internet e os usos da tecnologia, cada vez mais parece que não existe nada que a gente não possa fazer. Já é possível fazer praticamente tudo dentro de casa funcionar remotamente, buscar qualquer tipo de informação em um clique e contar com carros cada vez mais automatizados. Poucas são as atividades, hoje, que dispensam totalmente o uso da tecnologia moderna. Tudo está conectado e a sociedade parece estar cada vez mais dependente dessa tecnologia. E é justamente nesse ponto que Daniel Suarez ataca, trazendo todas essas ideias juntas de uma forma muito plausível. Com um vasto conhecimento tecnológico, dos usos do computador à internet e os jogos, Suarez cria em Daemon um thriller tecnológico rebuscado, com um cenário plausível sobre um agente de software capaz de criar uma nova ordem mundial. O Daemon não é só um verme da internet ou um explorador de redes. Ele não hackeia sistemas. Ele hackeia a sociedade. Daemon é daqueles livros que já começam acelerados, prende o leitor logo de cara deixando um gostinho de quero mais que torna impossível não ler as próximas páginas. E tudo…

O Vendedor de Armas
Romance Policial / 15 de maio de 2010

Neste post irei fazer minha resenha do livro O Vendedor de Armas, de Hugh Laurie, lançado no começo do ano aqui no Brasil pela editora Planeta. Mas, antes de qualquer coisa, uma informação se faz necessária: The Gun Seller, a versão original do livro, é de 1996. Ou seja, antes de o ator tornar-se o muldialmente famoso Dr. House. Antes mesmo de sua aparição em sucessos como Stuart Little e O Homem da Máscara de Ferro. O aviso acima faz-se necessário à medida que é impossível não comparar o personagem da trama com o sagaz Dr. House. O humor aguçado é o ponto forte do livro, que possui um forte viés jamesbondiano e um anti-herói super carismático. Tudo começa quando Thomas Lang, um ex-militar de elite, recebe uma proposta de 100 mil dólares para matar um empresário americano. Cínico, sarcástico e irônico, mas de forma alguma um assassino profissional. Lang procura descobrir as implicações desta proposta e acaba envolvido numa trama internacional, com muitas mortes, brigas e, é claro, lindas mulheres. O personagem sofre poucas e boas com as reviravoltas do enredo, dessas que você tem que ficar voltando as páginas para saber quem são os heróis e quem são…