Globo Livros

A Globo Livros está entre as mais antigas do país. Fundada em 1883 por Laudelino Pinheiros Barcellos, a Livraria do Globo da rua da Praia, em Porto Alegre, publicou seu primeiro livro em 1899. Em 1986, a Editora Globo foi adquirida pela Rio Gráfica Editora, incorporando-se às Organizações Globo, hoje Grupo Globo, do jornalista Roberto Marinho. Em 2001, foi criada a Globo Livros. Publica, entre outros autores, Alice Munro, Herta Müller, Eleanor Catton, John Banville, Ray Bradbury, Khaled Hosseini, Monteiro Lobato, Laurentino Gomes, Hilda Hilst, Oswald de Andrade, Aldous Huxley e Samuel Beckett.
Admirável Mundo Novo
Ficção Científica / 13 de abril de 2010

Escrito por Aldous Huxley em 1932 , Admirável Mundo Novo projeta um tipo de sociedade àquela época virtual, onde o domínio quase integral das técnicas e do saber científico produz uma sociedade totalitária e desumanizada. Imaginemos uma sociedade onde desde o berço, os homens são condicionados a obedecer certos padrões, fazendo as pessoas amarem o seu destino social e dele não poderem escapar. Uma sociedade onde família, sentimento, espiritualidade, velhice tornam-se valores ultrapassados; a reprodução da espécie se dá em laboratórios e a palavra “mãe” torna-se obscena; os seres são classificados em castas pré-organizadas, onde cada casta tem sua função específica e única; a liberdade inexiste, todas as atividades desenvolvidas foram pré-condicionadas; preserva-se o corpo de tal maneira que aos sessenta anos todos ainda têm uma aparência jovial; a felicidade se dá à base de sedativos, pois em qualquer momento de distração todos se sentem desviantes da norma e se entregam ao “Soma”; e o consumo sem limite, constituíam o modelo ideal de organização humana. Nessa sociedade, deparamo-nos com uma atitude onde o trabalho deixa de ser uma atividade cansativa e chata. Os indivíduos sentem-se felizes e satisfeitos com suas funções, pois devido aos condicionamentos sofridos, no seu ambiente de…