Espíritos de Gelo
Ficção / 13 de novembro de 2011

Essa resenha começa com uma terrível confissão: eu não li nenhum livro da série Dragões de Éter (série campeã de vendas do mesmo autor de Espíritos de Gelo). Por isso mesmo, não esperem aqui um comparação entre estilos. Apesar de conhecer a obra e ouvir muito o Raphael falar sobre ela, nada substitui a leitura. Então, apesar de saber que a série e Espíritos de Gelo são obras de estilos diferentes, “ignorarei” a escrita pregressa do autor, e focarei apenas na nova obra. Ando afastado dos lançamentos literários, o que reflete na pequena quantidade de resenhas que tenho feito ultimamente – e que os leitores mais fiéis devem ter notado. A Editora tem me tomado tempo excessivo, e com isso, cai meu número de resenhas. Mas aproveitando o vácuo no estande gerado nos dias de visitação das escolas à Bienal do Livro do Rio desse ano, pude tirar algumas horas para ler Espíritos de Gelo. O livro foi lançado em Portugal em maio desse ano, parte de uma nova coleção intitulada “Mitos Urbanos”, desenvolvido pela editora portuguesa GaiLivros. A proposta da editora é montar uma série de terror inspirada em lendas urbanas, com livros e preços populares (7.90 euros) e com um…