Record

O Grupo Editorial Record é um conglomerado de editoras que teve início em 1940, quando a Editora Record foi fundada por Alfredo Machado e Décio Abreu como uma distribuidora de tiras de jornal e outros serviços de imprensa.

Carro-chefe do grupo, publica ficção de qualidade e entretenimento, reportagens e narrativas de não-ficção sobre temas polêmicos, históricos ou científicos, são a nova face da editora. Nomes como Candace Bushnell, Sophie Kinsella, Bernard Cornwell e Conn Iggulden, frequentes nas listas de mais vendidos de vários países, dividem espaço com talentos nacionais, como Alberto Mussa, Mario Sabino, Lya Luft, Tania Zagury e Cristovão Tezza. Clássicos como Graciliano Ramos e Fernando Sabino também levam o logo da editora, entre vários vencedores de Prêmio Nobel: Gabriel García Márquez, Hermann Hesse, Albert Camus e Günter Grass.

Criança 44
Romance Policial / 28 de junho de 2010

Eu tenho minhas manias. Quem acompanha o blog já deve conhecer algumas delas. Mas uma que eu não consigo e não quero abandonar de forma alguma é a de nunca ler romances policias fora da sequencia cronológica. Não adianta me dizer que o terceiro é o melhor livro, vou ler tudo, desde o começo. Uma hora eu chego no terceiro. Algumas tramas até podem ser lidas fora da ordem, sem alterar o contexto, mas certamente quem lê assim perde alguma coisa. Ou muita coisa em alguns casos. É exatamente o que acontece no livro O Discurso Secreto, de Tom Rob Smith, lançamento da Editora Record. Isso porque é extremamente recomendado que se leia o primeiro livro do autor, Criança 44, antes de lê-lo. Por isso essa resenha acaba sendo dos dois livros, pois não conseguiria falar do segundo sem citar – muitas vezes – o primeiro. Passadas as explicações, vamos aos livros. Descritos em uma palavra, eu diria apenas: extraordinários. Tom Rob Smith usa como pano de fundo de Criança 44 a Rússia stalinista, regida sob mãos de ferro e uma brutalidade extrema. Já em O Discurso Secreto, encontramos a União Soviética sob domínio de Nikita Khrushchov, sucessor de Stálin…

O Discurso Secreto
Romance Policial / 28 de junho de 2010

Eu tenho minhas manias… Mas uma que eu não consigo e não quero abandonar de forma alguma é a de nunca ler romances policias fora da sequencia cronológica. Não adianta me dizer que o terceiro é o melhor livro, vou ler tudo, desde o começo. Uma hora eu chego no terceiro. Algumas tramas até podem ser lidas fora da ordem, sem alterar o contexto, mas certamente quem lê assim perde alguma coisa. Ou muita coisa em alguns casos. É exatamente o que acontece no livro O Discurso Secreto, de Tom Rob Smith, lançamento da Editora Record. Isso porque é extremamente recomendado que se leia o primeiro livro do autor, Criança 44, antes de lê-lo. Por isso essa resenha acaba sendo dos dois livros, pois não conseguiria falar do segundo sem citar – muitas vezes – o primeiro. Passadas as explicações, vamos aos livros. Descritos em uma palavra, eu diria apenas: extraordinários. Tom Rob Smith usa como pano de fundo de Criança 44 a Rússia stalinista, regida sob mãos de ferro e uma brutalidade extrema. Já em O Discurso Secreto, encontramos a União Soviética sob domínio de Nikita Khrushchov, sucessor de Stálin e autor do discurso referido no título do livro,…