Sobre

12 de maio de 2015

Subtítulo
s. m. Título colocado abaixo do título principal e que vem assim como um desdobramento ou especificação deste.

Foi desta definição que, em abril de 2010, nasceu o blog Subtítulo. Com o objetivo de compartilhar impressões literárias e difundir literatura, o blog tinha, como o nome, a função de desdobrar e especificar os títulos lidos pelos seus colaboradores. Ou seja, explicar e analisar tudo o que percebemos durante a leitura, e daí criar uma referência para os potenciais leitores que viessem a pesquisar tais obras.

Fruto da paixão exacerbada por livros de duas cabeças ociosas (Lorran e Nathália), o Subtítulo logo alcançou destaque na blogosfera literária por suas resenhas e colunas, estas criadas posteriormente a fim de explorar novos pontos de vista em relação ao universo literário.

Conquistando o respeito de leitores e editores, sentimos a necessidade de arrumar a casa: aprimorar o layout, retirar os excessos, redesenhar a logomarca e, principalmente, desenvolver mais e melhor conteúdo. Foi assim que no dia 15 de junho de 2011, com pouco mais de um ano de existência, o blog tornou-se site.

Concurso Cultural Publica Meu Livro!

Mas essa mudança não se deu somente por isso (e lá vem mais datas). No dia 19 de agosto de 2010, fui convidado a conhecer a Oficina de Livros, pois, para eles, “seria um prazer poder contar com disseminadores da boa leitura e conservadores do real valor de um bom livro”. Prontamente aceitei o convite, pois “projetos como a Oficina são, a meu ver, a vanguarda do novo mercado editorial.” Afinal, “com a informação e acesso aos meios de produção ao alcance de todos, muitos talentos marginais tem surgido, e na literatura não deixa de ser diferente.”

Achei interessante colar nosso início de conversa acima, pois por mais que eu não me lembrasse disso, esse se manteve o mote de nossa parceria. E nessa conversa, duas coisas ficaram engatilhadas: a criação do “Concurso Cultural Publica Meu Livro!”, que teve o ótimo Cartas de Siracusa como vencedor; e a possibilidade de transformar o blog num selo editorial da Oficina de Livros.

Editora Subtítulo

Lançamenta da Editora Subtítulo, na Bienal do Livro do Rio de 2011

Lançamento da Editora Subtítulo, na Bienal do Livro do Rio de 2011

Para a minha felicidade, ambos os projetos foram adiante. E, seguindo a tendência inversa do que propõe o “novo mercado editorial”, com os livros tornando-se digitais, o Subtítulo tornou-se o primeiro blog literário a entrar, de fato, no mercado editorial. Com foco na literatura jovem de ficção, o selo apostou nos novos talentos da literatura nacional, buscando a qualidade que sempre soubemos existir na nova safra de escritores brasileiros, garimpando originais de todos os cantos do país a fim de encontrar livros que nos encantassem, e que pudessem, por consequência, encantar também o público leitor.

E tenho muito orgulho em dizer que encontramos alguns desses autores. Não tivemos, infelizmente, a oportunidade de publicar todos eles, mas reafirmamos a certeza de que ainda tem muita gente boa para aparecer. Feitos com o carinho e o esmero de um eterno amante das letras, tentei acertar cada pequeno detalhe, para que tornasse melhor a já excelente obra contida nas páginas destes livros.

No dia 31/10/2013, a editora entrou em hiato, com um triste fim não programado, mas que, esperamos, não seja definitivo. Espero que tenhamos agradado no curto espaço de tempo na ativa, pois encontrar, e dar uma chance, a autores do calibre dos que encontramos foi gratificante de tal forma que não tenho palavras para expressar. Do caralho!

Só posso deixar aqui meu sincero agradecimento por ter estado à frente deste projeto. Mais um projeto que, como na criação do blog, serviu como uma justa alavanca à literatura nacional.

O retorno do blog Subtítulo

Após essa jornada e o longo tempo longe das resenhas, resolvi reativar o blog a fim de, novamente, compartilhar minhas experiências literárias e minha paixão pelo livro. Sem pressa, sem compromissos, sem muita firula. Apenas a vontade de dividir o que sinto durante e após as minhas leituras, no intuito simples de, quem sabe, fazer você também se envolver com a minha leitura. O Subtítulo é feito para você, que como eu, adora cheiro de livro novo; que tem o livro como objeto de desejo; mas que acima de tudo é aficionado pelas letras.

Aqui vou tentar explorar esse universo fantástico, de romances, ficções, realidades e fantasias. Afinal, desprezado por muitos e endeusado por alguns, o livro é muito mais do que somente letras impressas em  folhas de papel. É um repositório de histórias; uma máquina do tempo; são universos paralelos.

Leia, discuta e participe.

Um abraço e boa leitura,

Lorran Feital

2 Comentários

Deixe aqui a sua opinião!